Símbolos

1915 – Foi o primeiro distintivo utilizado na camisa do clube. As letras arcaicas “P” e “I”, nas cores brancas, ornavam o lado esquerdo do peito do uniforme verde do Palestra Itália

1916 – Para a disputa do Campeonato Paulista de 1916, a diretoria palestrina decide importar da Itália um jogo de camisa com o escudo da Cruz de Savóia, símbolo da Casa Real Italiana

1917 – Houve nova alteração no escudo da camisa. A Cruz de Savóia deu lugar às letras “P” e “I”, que eram orladas por um triângulo na cor verde

1918 – O distintivo foi mudado novamente. Seu formato passou a ser circular, orlado de vermelho num fundo branco. No centro, as letras “P” (na cor verde) e “I” (em vermelho) entrecortando-se

1938 – Com o mesmo formato circular, mudou-se apenas a disposição das cores. Orlado de branco num fundo verde. No centro, as letras “P” (na cor branca) e “I” (em vermelho) entrecortando-se

1940 – Com o mesmo formato circular, mudou-se apenas a disposição das cores. Orlado de branco num fundo verde. No centro, as letras “P” (na cor vermelha) e “I” (em vermelho) entrecortando-se

1942 – Desaparece o vermelho e a letra “I” do escudo, ficando apenas o verde e o branco, com a letra “P” no centro, indicando a inicial do nome do clube

1959 – O distintivo da camisa do Palmeiras sofre nova alteração. O tradicional “P” dá lugar a um novo escudo, o qual permanece até os dias atuais

Evolução dos Símbolos do Palmeiras

Símbolos Institucionais

1914 – Palestra Itália – Elaborado nos primeiros tempos era o símbolo institucional do clube, utilizado em impressos, carteira social e na bandeira oficial

1942 – Palestra de C – Símbolo provisório utilizado no período da mudança de nome

1942 – Palmeiras – É o atual símbolo oficial